CÂNCER DE TESTÍCULO

O Câncer de Testiculo, geralmente, manifesta-se como um nódulo testicular palpável e unilateral. Em geral é diagnosticado em um Ultrassom de rotina ou após um leve trauma escrotal. Na maioria dos pacientes é indolor, entretanto cerca de 1/3 dos casos podem apresentar dor testicular. Não existem evidências científicas claras de que o rastreamento da população em geral se traduza em benefício, entretanto o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura da doença. Portanto, principalmente, em pacientes com risco aumentado de Câncer de Testículo, recomenda-se o autoexame mensal. Dentre as características que aumentam o risco, podemos citar:

1-Criptorquidia, quando o testículo permanece dentro do abdômen ao nascimento

2- Infertilidade Masculina

3- Histórico Familiar de Câncer de Testículo

4- Histórico individual de Câncer de Testículo.